«

»

Mar 19

Qual o melhor CMS para seu site? WordPress, Joomla, Drupal, Magento

A essência de um Sistema Gerenciador de Conteúdo CMS é facilitar a criação, edição, publicação e distribuição de informações.

Existem dezenas de opções disponíveis. Por isso, o indicado é escolher o CMS ideal levando em consideração o tipo de site que você está construindo.

Grande parte dos CMSs disponíveis podem ser instalados através do Fantastico DeLuxe que nós disponibilizamos no cPanel.

Para conhecer a lista, basta fazer login no cPanel, acessar a caixa Softwares/Serviços e selecionar um dos instaladores.

WordPress

O WordPress, por exemplo, é o CMS mais utilizado por sites e blogs. Considerada uma das plataformas mais populares atualmente na internet, o WordPress foi desenvolvido com o objetivo de dar suporte a blogs, mas vem sendo muito utilizado também como base para o desenvolvimento de sites.

Assim como o WordPress, o Drupal e o Joomla permitem a publicação, gerenciamento e organização de uma ampla variedade de conteúdo em um site. Como são sistemas mais genéricos, podem ser utilizados para diversas aplicações, que vão desde sites corporativos ou portais, passando por sistemas de intranet corporativa, publicações online e e-commerce, até pequenos sites de negócios online.

Magento

O Magento é uma aplicação de comércio eletrônico bastante popular. Como apresenta grande capacidade de customização, é referência para publicação, edição e manutenção de um ecommerce.

Além dos  CMSs citados acima, uma infinidade de recursos estão disponíveis para fins genéricos ou mais específicos. Para o desenvolvimento de fóruns, por exemplo, existem opções como o bbPress e phpBB. Já para a área educacional, opções como o Moodle são muito bem vistas. Também para e-commerce, PrestaShop e ZenCart são referências importantes.

Principais características dos CMSs

Entre as principais determinantes dos CMSs, destaque para:

  • Edição de conteúdo facilitada: considerada uma das principais características, já que permite que até mesmo usuários leigos acessem o site e realizem publicações e edições com grande rapidez;
  • Suporte a múltiplos usuários: a maioria das plataformas de geração de conteúdo permitem o registro, gerenciamento e atribuição de diferentes papéis a vários usuários;
  • Capacidade de personalização: as funcionalidades iniciais podem ser ampliadas ou novas podem ser adicionadas através de plugins e/ou módulos;
  • Gerenciamento e controle de documentos: permite o gerenciamento da publicação, revisão, arquivamento e eliminação de documentos;
  • Apresentação gerenciada através de templates: este tipo de gerenciamento permite a troca rápida de interface, independentemente do conteúdo de cada página;
  • Controle de fluxo: permite níveis de publicação, revisão e aprovação. Por exemplo, um usuário pode enviar um artigo sem publicá-lo imediatamente, para que seja revisto por um editor e aprovado por um editor-chefe.